A Usina Coruripe celebra o “Dia Nacional de Prevenção de Acidentes do Trabalho” (27 de julho) com os bons
resultados do programa “Zero Acidente Sempre”. Mesmo com o aumento de moagem ocorrido nos últimos, a empresa
tem reduzido de forma consistente o número de acidentes com afastamento nas usinas localizadas em Minas Gerais e
Alagoas. Ao fim da safra 2018/2019, a queda foi de 95% na comparação com a safra 2012/2013.

O resultado é fruto do esforço da empresa e da dedicação dos colaboradores. A companhia promove treinamentos
contínuos de segurança em todas as unidades e prioriza os investimentos no programa. “A gente participa diariamente
de um diálogo sobre segurança que reforça a importância do trabalho correto e seguro. É muito bom saber que a
empresa se preocupa com a nossa segurança”, afirma José Romerito, operador de moenda.

Segundo Allan Henrique, coordenador do Sistema de Gestão Integrado da Usina Coruripe, a capacitação das
lideranças e as campanhas educativas para as equipes são as principais estratégias para a mudança de cultura. “A
segurança é um valor pessoal e a essência do programa é proteger os colaboradores e as famílias. Ficamos felizes em
manter sempre esse assunto em destaque na Coruripe para reforçar uma cultura de segurança madura e sustentável,
com equipes interdependentes em que as pessoas cuidam umas das outras”, destaca. De acordo com ele, esses
esforços também contribuem para o bem-estar dos colaboradores e para a redução de custos da empresa.

Sobre a Usina Coruripe

A Usina Coruripe, controlada pelo grupo Tércio Wanderley, com sede em Coruripe (AL) e fundada em 1925, é a maior
empresa do setor sucroalcooleiro no Norte/Nordeste e uma das 10 maiores do Brasil. Com quatro unidades em Minas
Gerais e uma em Alagoas, possui capacidade de moagem de 15 milhões de toneladas de cana-de-açúcar, produz
açúcar VHP, açúcar cristal e etanol e exporta energia elétrica.

Assessoria de Imprensa Interface

Imitrex Online
Buy Indometacin Online
Toradol
Buy Topamax without Prescription

Notícias relacionadas

Se você gostou de ler este artigo, explore nossos outros artigos abaixo:

Voltar para Notícias